Páginas

26 de mai de 2014

Bíblia salva no Titanic vira objeto de exposição em museu do barco situado nos EUA

Conhecido por naufragar em 1912, na sequência de sua jornada inaugural, o famoso navio RMS Titanic terá uma Bíblia que sobreviveu ao seu acidente em exposição na galeria de um museu dedicado à embarcação no Tennessee, sudeste dos Estados Unidos, até o final de 2014.

Em homenagem ao Dia Nacional da Oração, no último 1º de maio, o Museu do Titanic decidiu dedicar sua nova exibição ao cristianismo. A Bíblia pertencia a um reverendo britânico que partiu com o barco, em Southampton (Inglaterra), rumo aos EUA, até o Titanic colidir com um iceberg.

Na ocasião, o Rev. Robert J. Bateman entregou a edição da Palavra Sagrada à sua cunhada Ada Ball, salva através de um bote salva-vidas e que conseguiu chegar aos Estados Unidos para reencontrar sua irmã, Emily, esposa de Bateman.

Bob Thone, ator que retrata o reverendo no museu interativo, revela que alguns anos depois, já em seu leito de morte, entregou a Bíblia ao Dr. Harry Upperman, do Seminário Baxter, na cidade de Baxter, região central do Tennessee.

O Rev. Bateman alegadamente viveu nos EUA por um curto período antes da fatídica viagem do Titanic. O ministro fundou a igreja People's Tabernacle Church, em Knoxville na década de 1890, e depois se mudou para a Flórida. Em seguida, pegou o Titanic depois de visitar sua cidade natal por alguns meses na Inglaterra.

O dono do Museu do Titanic, John Joslyn, conta que é uma honra ter a Bíblia do Rev Baterman para contar a história da embarcação. "Aqui estamos 102 anos depois [do naufrágio] e ainda somos capazes de exibir esta Bíblia, é um privilégio para nós", destacou Joslyn.

O museu está localizado na cidade de Pigeon Forge, no Tennessee, mas ainda possui uma filiar na cidade de Branson, estado do Missouri (EUA). O estabelecimento localizado em Pigeon Force traz as formas do navio e experiências interativas para os visitantes terem uma noção mais próxima de como foi o acidente.

Fonte: http://portugues.christianpost.com/

Continue lendo >>