Páginas

30 de mar de 2014

Augustus Nicodemus: Pastores, Divórcio e Novo Casamento.

Afinal, qual a importância de um casamento sólido e duradouro para o ministério pastoral? Paulo escreveu que “é necessário que o bispo ... seja esposo de uma só mulher” (1Tm 3.2). Podemos interpretar essa passagem de duas ou três maneiras diferentes, mas todas elas, ao final, falam da necessidade de um casamento exemplar para os líderes cristãos. Creio que há vários pontos que podem ser mencionados aqui.

O primeiro é a paz e o sossego que um casamento estável oferece e que se refletem inevitavelmente na lide pastoral. O segundo ponto é o exemplo, para os filhos, se houver, e para os casais da igreja que pastoreia. Todos esperam que o casamento do pastor seja uma fonte de inspiração e exemplo. Casamentos que dão certo e duram a vida toda funcionam como uma espécie de referencial para os demais casamentos, especialmente se for o casamento do pastor.

O terceiro ponto é a questão da autoridade. Não era esse o receio de Paulo, que após ter pregado a outros não viesse ele mesmo a ser desqualificado? (1Co 9.27). Qual a autoridade de um pastor divorciado já pela segunda ou terceira vez para exortar os maridos da sua igreja a amarem a esposa e a se sacrificar por ela? Essa história aconteceu com um pastor que foi colega meu de seminário. Certo dia, falando na igreja sobre os deveres do marido cristão, sua própria esposa se levantou no meio do povo e disse, “É tudo mentira, ele não faz nada disso em casa!”. O pastorado daquele colega acabou ali mesmo.

Mas tem um quarto ponto. Pastores que já vão no segundo ou terceiro casamento estão passando a seguinte mensagem para os casais da igreja: “O divórcio é uma solução legal e fácil para resolver os problemas do casamento. Quando as coisas começam a ficar difíceis, o caminho mais rápido é o da separação e o recomeço com outra pessoa”. Essa mensagem é também captada pelos jovens, que um dia contrairão matrimônio já pensando no divórcio como a saída de incêndio.

Não que eu seja absolutamente contra o divórcio. Como calvinista, entendo que o divórcio é permitido naqueles casos previstos na Escritura, que são o adultério e a deserção obstinada (Mateus 19.9; 1Coríntios 7.15; ver Confissão de Fé de Westminster XXIV, 6). Sou contra a sua obtenção por quaisquer outros motivos, mesmo que fazê-lo seja legal no Brasil.

Fico me perguntando se, ao final, tudo isto, não é uma versão moderna e evangélica da velha poligamia. Como ela é proibida no Brasil e rejeitada por uma parte das igrejas, alguns pastores acharam esse meio de ter várias mulheres durante o seu ministério, embora não ao mesmo tempo, que é casar-se várias vezes em seqüência, com mulheres diferentes.


Fonte/| Autor: Augustus Nicodemus Lopes | Divulgação: EstudosGospel.Com.BR

Continue lendo >>

24 de mar de 2014

Pastor Paul Washer afirma que Deus abomina o pecado e o pecador

Noticia Gospel Pastor Paul Washer afirma que Deus abomina o pecado e o pecador
Durante o carnaval aconteceu em Campina Grande (PB), o 16° Encontro para a Consciência Cristã. O evento teve como um de seus principais preletores o pastor e missionário norte-americano Paul Washer, que falou sobre a visão de Deus a respeito do pecado e do pecador.

Em sua pregação, Washer prendeu a atenção do público presente na Representação do Tabernáculo Bíblico, e em uma de suas frases mais contundentes durante sua fala afirmou que quem vive um cristianismo superficial, carrega sobre si a ira de Deus.

- Ele Deus é amor, e isso é inegável. Mas Deus não é apenas amor. Ele é justiça e santidade! Por Ele ser santo, odeia o pecado; e por ser justo, Ele julgará os pecadores! – afirmou o pastor.

- Se você vive um cristianismo superficial, a ira de Deus está queimando sobre você! – completou Paul Washer.

Igor Sabino, membro da Igreja Presbiteriana de Campina Grande e colunista do Gospel+, comentou sobre a participação de Washer no evento afirmando ter visto nele um “verdadeiro profeta da nossa geração, que abre a boca não para relatar sonhos e visões mentirosas a fim de enganar multidões, mas que abria a Bíblia para anunciar a graça e juízo de Deus sobre os pecadores”.

- Sinceramente nunca me esquecerei do que ouvi, e ainda hoje ao lembrar, as lágrimas correm pelo meu rosto. O Paul me lembrou o quanto meu coração é depravado e imundo, o quanto eu sou falho e mesmo após a salvação preciso da graça de Deus para ser santo e vencer o pecado – afirmou Sabino, ao descrever a pregação de Washer.

- Como disse ele, às vezes é preciso que Deus dê um “pé na bunda” de seus filhos e os impeça de seguir seus próprios caminhos. Foi exatamente assim que me senti. Foi como se Deus me dissesse: “Já basta! Eu sei o que está por trás do seu extremismo, do seu aparente zelo por mim. Eu conheço o seu coração e vejo suas motivações erradas, o orgulho, a presunção. Mas está na hora de você cair do cavalo. Se eu te ofereci graça, porque você quer oferecer a Lei aos outros?” – completou.

Segundo Igor Sabino, além da sua pregação contundente Paul Washer demonstrou também nos bastidores do evento “o temor e tremor que ele sentia antes de pregar”, e também se mostrou um homem simples, desapegado aos bens materiais e ao luxo.

- Eu não choro porque não tenho coisas. Eu choro porque não sou como Jesus – afirmou o pastor em algumas ocasiões durante o evento.

Fonte: Com Informações de Gospel Mais | Divulgação: Noticias Gospel

Continue lendo >>

Pastor proíbe mulheres de usarem roupas íntimas durante os cultos.

As doutrinas evangélicas Pentecostais têm se aproximado cada vez mais da bizarrice: em Nairóni, Quênia, um pastor proibiu as mulheres que frequentam sua igreja de usarem roupas íntimas durante os cultos.

A ordem do pastor veio acompanhada do argumento de que, sem calcinhas, elas poderiam sentir-se mais próximas de Deus. Esse modo estranho de se aproximar de Deus se assemelha à estratégia do pastor sul-africano que mandou os fiéis comerem grama durante o culto.

O pastor Njohi, líder da Lord’s Propeller Redemption Church, em Nairobi, acredita que se as mulheres estiverem sem sutiã e calcinhas, poderiam ficar livres em sua “mente e corpo” e tornar o contato espiritual mais simples.

Segundo o site inglês Metro, “estranhamente o pastor não ordenou aos homens que fossem sem cuecas ao culto”.

Para fazer valer sua ordem, o pastor frisou que as mulheres seriam punidas caso não aderissem à nova regra. Aparentemente a nova doutrina foi acatada, porque a maioria das mulheres que frequentam a igreja diziam ter atendido o pedido do pastor.

Fonte: Com Informações de Gospel Mais | Divulgação: Noticias Gospel

Continue lendo >>

12 de mar de 2014

Cantor desafia artistas gospel a fazerem shows gratuitos no sertão

O cantor Samuel Mariano lançou um desafio aos artistas evangélicos: promover um evento no sertão do Piauí tirando todas as despesas do próprio bolso.

Os desafiados foram: Thalles Roberto, André Valadão, Davi Sacer e Fernandinho. Cantores que Mariano sabe que têm dinheiro e que têm público no local. Samuel Mariano concedia uma entrevista para o projeto “Quero Almas” e relatou sua visita ao Piauí. “Eu fui cantar no Piauí e não aguentei e peguei toda a minha oferta e a vendagem do CD e deixei pro missionário”, disse.

O cantor pernambucano explicou que se sentiu comovido com a situação do missionário que estava fazendo o trabalho de evangelismo sem ter condições, ganhando cerca de R$400/ R$500 por mês.

“Eu gostaria de fazer um clamor pra vocês: vai pro sertão, gente. Pega uma grana aí, liga pra mim, a gente faz um evento. Por que só cidade grande? Por que só cidade volumosa? Por que a gente não se junta para evangelizar o Piauí?”

Mariano explica que as condições não são favoráveis aos artistas, pois não tem hotel cinco estrelas, toalhas no camarim e etc. O cantor deixa claro que são os próprios artistas, caso aceitem o desafio, é que devem pagar as despesas do evento, incluindo passagens e alimentação.

“Ai vocês vão pra história desse país, porque vocês vão pegar o dinheiro que eu sei que vocês têm e vão investir de alguma forma em um lugar onde as pessoas só vêm vocês em uma internet péssima”, disse.

Fonte: Com Informações de Gospel Prime | Divulgação: Noticias Gospel

Continue lendo >>