Páginas

27 de jun de 2012

Jesus foi fruto de um estupro segundo autor holandês

Segundo o livro “Jesus of Nazareth” do autor Paul Verhoeven, Jesus Cristo não é o “filho de Deus” nem foi concebido de forma sobrenatural como relata as escrituras sagradas. O autor afirma que realizou pesquisas sobre a vida de Jesus, chegando a conclusão que Maria, mãe de Jesus, teria sido estuprada por um soldado romano, o que, segundo Verhoeven, era comum durante o período de dominação romana da Palestina.

O autor holandês que também foi cineasta de filmes como Robocop, O Vingador do Futuro e A Espiã, disse que pretende começar a gravar um filme contando seu ponto de vista sobre Jesus Cristo.
Ele comenta que sua intenção é contar a vida do nazareno de “ponto de vista científico, histórico e político”.
Verhoeven afirma não crer nos milagres relatados na Bíblia, “Jesus era um profeta radical e chegou a realizar exorcismos porque estava convencido de que iria morrer e se encontrar no Reino dos Céus, até Pôncio Pilatos crucificá-lo”.
O autor revela que acredita que Jesus tenha sido crucificado porque sentiram que, politicamente, ele era uma pessoa perigosa e que estava em crescimento.

The Christian Post|Pátio Gospel Noticias

Continue lendo >>

Pai de Santo que prometia volta do amor em 3 horas era evangélico

Ele ficou conhecido como "Pai Bruno da Pomba Gira" ou "Pai Bruno de Ogum",  mas seu nome é Edmar Santos de Araújo, de 23 anos, ele já foi evangélico e chegou a integrar o coral da Igreja Batista de Miguel Couto, em Nova Iguaçu, revelou emocionada, Dona Jussiara, de 53 anos.

Os próprios parentes têm dificuldade para explicar como um jovem que sempre leu a Bíblia, e cresceu frequentando a Igreja, incorporou um adorador do diabo. Pai Bruno, que prometia trazer a pessoa amada em três horas, foi preso na madrugada de 13 de junho, acusado de ameaçar e extorquir seus clientes.
Neste domingo (24) duas irmãs suspeitas de fazerem parte da quadrilha do pai de santo Edmar dos Santos Araújo, 23 anos,  foram presas no Rio de Janeiro.  De acordo com a delegada Flavia Monteiro de Barros, da 14ª DP (Leblon), as irmãs Viviane Duarte de Souza, de 37 anos, e Luciana Duarte de Souza Reis, de 42 anos, foram presas nesta manhã na Baixada Fluminense, com mandados expedidos pelo plantão judiciário.
Para a delegada, cada um dos presos tinha uma função definida na quadrilha. "Havia uma prévia divisão de funções. Pai Bruno era o mentor, elas faziam as ligações com as ameaças e o motoboy ia ao encontro das vítimas para pegar o dinheiro obtido com as extorsões", explicou ela, acrescentando que a polícia continua as investigações em busca de outros integrantes da quadrilha.
As irmãs estão presas na 14ª DP e devem ser levadas para o presídio feminino de Bangu ainda neste domingo.

|Pátio Gospel Noticias

Continue lendo >>