Páginas

12 de jun de 2012

Projeto de lei quer reduzir preço de energia elétrica das igrejas

Projeto de lei quer reduzir preço de energia elétrica das igrejasNo começo do ano, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), da Câmara dos Deputados, deu parecer favorável à Proposta de Emenda Constitucional 497/2010.

Se aprovada, concede subsídios (desconto bancado pelo governo) aos templos e igrejas nas tarifas de energia elétrica. A PEC não fixa o percentual do desconto, deixando-o em aberto.
A proposta é de autoria do deputado Eduardo Valverde, que morreu no ano passado. Ela atende aos interesses principalmente da bancada evangélica. O seu relator é o deputado Antônio Bulhões (PRB-SP), ligado à Igreja Universal do Reino de Deus. Para Bulhões, os subsídios se justificam pelo fato de as igrejas prestarem “relevante trabalho de cunho social em benefício de segmentos carentes da população”.
Para que os templos paguem menos pela energia elétrica, a PEC altera o artigo 19 da Constituição que garante a laicidade do Estado, que diz: “É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança”.
A PEC do subsídios na tarifa de energia elétrica ainda terá de passar por outras comissões para chegar ao plenário da Câmara. Essa proposta segue a mesma linha de outro projeto de lei (3044/2011) do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) que, caso fosse aprovada, liberaria recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para financiar a construção de templos e igrejas.

Fonte: Creio / Divulgação Notícias Gospel Guia do Planeta

Continue lendo >>

Menino acorda em seu próprio velorio e pede água

Criança de 2 anos acorda e pede água em seu próprio velorioUm garoto de dois anos acordou, sentou no caixão e bebeu um copo de água durante seu próprio velório no sábado (2), em Belém, segundo parentes e pessoas presentes no local.

A Polícia Civil do Pará investiga se houve erro médico na declaração da “primeiro falecimento”, mas, na ilha de Cotijuba, em que o fato ocorreu, há quem diga que foi um milagre ou algo sobrenatural. Havia cerca de 50 pessoas no velório.
Kelvys foi internado em um hospital estadual com febre e falta de ar na sexta-feira (1).À noite, o hospital constatou o falecimento da criança.
A declaração de óbito aponta como causa insuficiência respiratória, broncopneumonia e desidratação.
As cavidades de seu corpo foram tamponadas e Kelvys foi colocado em um “lençol”, que é uma espécie de saco plástico, para depois ser levado à funerária.
Segundo o hospital, ele passou cerca de três horas sem poder respirar.
Durante o velório, segundo a pastora Maria Raimunda Batista, ele “estava se mexendo o tempo todo”.
O pai do menino, o agricultor Antônio dos Santos, diz que por volta das 14h as pessoas presentes começaram a fazer massagem cardíaca em Kelvys, até que ele cuspiu restos de algodão que estavam em sua boca.
Logo depois, diz, o Kelvys sentou no caixão e disse “Pai, água”.
“O povo entrou em pânico, a avó dele desmaiou. O pai e a mãe ficaram muito felizes”, disse a pastora. O menino foi levado ao hospital imediatamente, segundo o pai, mas já chegou sem vida.
Investigação
O pai de Kelvys acredita que ele reagiu aos medicamentos que haviam sido dados no hospital na tentativa de ressuscitá-lo depois que o óbito já havia sido declarado, e por isso acordou no velório.
A direção do hospital afirmou, em nota, que só será possível esclarecer o episódio caso o corpo de Kelvy sseja exumado.
De acordo com a Polícia Civil, a depender dos depoimentos colhidos na fase preliminar da investigação pode ser determinada a abertura de inquérito e feito o pedido de exumação.
O hospital deixou a investigação a cargo da polícia. “Se Kelvys estivesse vivo, ela não ia aguentar ficar tanto tempo tamponado. Por isso que achamos estranho e queremos também uma explicação”, afirmou a diretora do Hospital Regional Abelardo Santos, Vera Cecim.

 Fonte: UOL – Divulgação Internautas de Cristo

Continue lendo >>