Páginas

26 de nov de 2012

Grupo anti-Cristãos ataca igreja na Nigéria e mata 11

Onze pessoas foram mortas e trinta ficaram feridas em um duplo atentado suicida que destruiu neste uma igreja cristã numa cidade do norte da Nigéria, informou o exército. "Houve dois atentados suicidas com dez minutos de intervalo, neste domingo, na escola protestante militar Saint Andrews, na cidade de Jaji", situada a 30 km de Kaduna (estado de mesmo nome), declarou à AFP um porta-voz do exército, general Bola Koleosho.

No primeiro ataque, um suicida atirou um ônibus
contra a igreja, detonando o veículo carregado de explosivos logo após o fim do culto religioso. Depois, um veículo estacionado no exterior explodiu dez minutos depois, explicou.


Este novo atentado contra cristãos se inscreve em uma série de ataques mortais atribuídos ao grupo islâmico Boko Haram. O mais recente, na cidade de Kaduna, um atentado com carro-bomba contra uma igreja católica e atos em represálias de cristãos em cólera deixaram pelo menos 10 mortos e 145 feridos.


O Boko Haram, cujo nome em idioma Haoussa significa 'a educação ocidental é um pecado' declarou o desejo de instaurar um Estado islâmico.As violências atribuídas à seita e sua repressão sanguinária pelas forças de ordem deixaram, segundo estimativas, mais de 3.000 mortos desde 2009.


A Nigéria, país mais populoso da África, com 160 milhões de habitantes, e primeiro produtor de petróleo do continente, está dividido entre o norte, majoritariamente muçulmano, e o sul, predominantemente cristão.

G1|Pátio Gospel Noticias

Nenhum comentário:

Postar um comentário