Páginas

7 de out de 2011

Espanhóis Protestam Contra Execução de Yousef Nadarkhani

youcef-nadarkhani
Pastor Yousef
Um grupo de dezenas de pessoas se reuniram em frente à embaixada iraniana em Madrid para pedir a libertação do pastor evangélico yousef Nadarkhani, que pode ser executado a qualquer momento no Irã por permanecer fiel à sua fé cristã.
Convocados pela entidade HazteOir, ligada à igreja católica, os manifestantes se uniram à União de Jovens Batistas de Madrid e outros Cristãos para protestar. Segundo o site Mundo Cristiano, milhares de mensagens foram enviadas à embaixada iraniana na última semana, pedindo pela vida de Yousef, que nasceu Muçulmano mas se converteu ao Cristianismo.
 Os representantes da manifestação tentaram ser recebidos pelas autoridades diplomáticas iranianas, mas este rejeitaram encontrar-se com os manifestantes. O manifesto preparado para a ocasião foi deixado na caixa de correio da embaixada com os dizeres “Liberdade a Yousef ".
 O Pastor Nadarkhani enfrenta a execução por se recusar a negar sua fé cristã, embora as notícias recentes mostrem que ele está no corredor da morte por crimes contra a segurança nacional. As autoridades iranianas acrescentaram as acusações de estupro e extorsão, o que difere de sua sentença original que é de apostasia, por se negar a voltar para o Islamismo.
Os crimes acrescentados ao réu não possuem provas de julgamento legal. Um ministério de missões que tem acompanhado de perto o caso diz que o governo iraniano está tentando confundir e enganar a mídia ocidental e lideres políticos com relatos conflitantes.

Os protestos tem tomado uma escala mundial como forma de pressionar as autoridades iranianas a desistir da execução, que ameaça sobremaneira a liberdade religiosa.
Fonte: The Christian Post

Continue lendo >>

Novo Livro de Billy Graham no Envelhecimento Não É Apenas para Idosos


billy-graham
(Foto: Cortesia da Associação
Evangelística Billy Graham)
Novo livro de Billy Graham, Nearing Home (Chegando em Casa), será lançado este mês, e não só orienta idosos sobre como envelhecer com graça, mas também traz lições para o pessoal mais jovem.
Nearing Home Life, Faith, and Finishing Well (Chegando em Casa: Vida, Fé, e Terminando Bem), o 30° livro de Graham, está programado para vir em 18 de outubro, menos de três semanas antes do autor, que já apareceu várias vezes na lista da Gallup de pessoas mais admiradas, fazer 93 anos."Não posso verdadeiramente dizer que eu gostei de envelhecer", Graham escreve em seu livro sem medo, mas isso é apenas parte da "realidade da vida à medida que envelhecemos". Mais importante, ele convida os leitores "para explorar comigo ... também a esperança e realização - e até mesmo alegria - que pode ser nossa, uma vez que aprendemos a olhar para estes anos a partir do ponto de vista de Deus e descobrir sua força para nos sustentar a cada dia"."Eu oro para que você e eu possamos aprender o que significa não só a ficar mais velhos, mas, com a ajuda de Deus, de crescer com a graça", escreve Graham, que passou o tempo pessoal com 12 presidentes dos EUA, incluindo Barack Obama.
Uma vez um "modelo de masculinidade e vibração", Graham é agora "um modelo para o envelhecimento gracioso, apesar de uma deficiência", Grant Wacker, professor de história cristã na Universidade Duke, disse recentemente ao USA Today. "Mesmo com a [doença] de Parkinson, você o vê como um soldado, ainda pregando em seu próprio caminho", acrescentou Wacker, que estudou o impacto de Graham nacultura norte-americana desde que o pregador era jovem.
Graham diz que Deus tem uma razão específica para manter cada pessoa viva, e todos, independentemente da sua idade, devem se esforçar para descobrir o que seu propósito é para esses anos, e como eles podem alinhar suas vidas com ele. Também é importante aprender não só para lidar com os medos e as lutas e as limitações de crescimento na vida, mas também para realmente crescer mais forte interiormente, em meio às dificuldades.
"A melhor maneira de enfrentar os desafios da velhice é se preparar para eles agora, antes que eles cheguem", diz Graham.
Publicado por Thomas Nelson, Nearing Home olha para quatro áreas-chave em 176 páginas: construção de bases sólidas e compreender o dom de anos; enfrentando transições da vida, incluindo o passar dos anos, a aposentadoria, e quando entes queridos morrem, a tomada de decisões sábias; e compreendendo nossa esperança gloriosa.
Até recentemente, o filho de Billy Graham, Franklin Graham, não achou que o livro chegaria à conclusão. "Para ser honesto, eu não acho que ele o estava terminando", disse ao USA Today. "Haveria um mês ou dois, quando ele estava muito cansado ou o medicamento o deixou lento".
No entanto, nos últimos meses, "ele teve um surto de energia", acrescentou Franklin Graham, que agora dirige a Associação Evangelística Billy Graham. "Ele ganhou o direito de dar esse conselho e as pessoas vão seguir o conselho dele, onde eles não podem receber de nenhuma outra pessoa".
"O tempo alcança a todos nós", diz o Editor Matt Baugher. "Na sua idade, com tudo o que veio antes, ele está em uma posição única para orientar a todos nós sobre o que significa para terminar bem nesta vida. Deus abençõe Billy Graham".
Estima-se que mais de 3 milhões de pessoas responderam ao apelo da Cruzada de Billy Graham 'para aceitar Jesus Cristo como seu Salvador e Senhor pessoal. E continua seu ministério através de livros. Franklin Graham diz que seu pai pode em breve começar a escrever outro manuscrito.

Fonte: The Christian Post

Continue lendo >>

Steve Jobs era cristão? Fãs perguntam

Foto/Imagem Steve Jobs era cristão? Fãs perguntam Noticia DigitalA morte de Steve Jobs, co-fundador da Apple nesta quarta-feira levantou a discussão na internet sobre se ele era um Cristão.

Jobs, que professava sua fé no budismo, teve sua morte divulgada por meio de comunicado da Apple, que o classificou como “brilhante, cheio de paixão e energia”. “O mundo é incomparavelmente melhor por causa de Steve”, disse o comunicado.

Apenas algumas horas após a notícia sobre a morte do mago da tecnologia, um usuário que usou o nome de ‘Ann Coulter’ iniciou uma discussão no Yahoo! Respostas em que colocou a questão: "Steve Jobs era um Cristão? Basta querer saber onde ele está agora ... "

Os que responderam à discussão também pensaram que Jobs era ateu ou budista. Alguns replicaram à questão dizendo que ele era um gênio que não dependia de suas crenças religiosas.

O microblog Twitter também ficou repleto de posts que discutiam a fé de Jobs. Inúmeras pessoas postaram tweets quando a notícia de seu falecimento chegou, dizendo que esperavam que ele tivesse se tornado um Cristão antes de sua morte.

"Oro para que Steve Jobs tenha se tornado um Cristão antes de falecer," tuitou @ AakashRaut.

Já o usuário do microblog @mattshiloh postou: "um dia triste para o mundo da tecnologia. Sinto muito ver você se ir Steve Jobs. Se você não ter sido um Cristão, eu vou orar por sua alma".

Jobs aderiu ao budismo após uma viagem espiritual à India, em 1974.

Em 1976, com apenas 20 anos, fundou a Apple, com dinheiro de investidores. O famoso logotipo, uma maçã que já estava mordida, era referência bíblica a Adão e Eva, onde a maçã representa o fruto da árvore do conhecimento.

Fonte: Christian Post

Continue lendo >>