Páginas

6 de abr de 2011

Repelente caseiro ajuda a manter o Aedes longe

O jornal Extra desta terça-feira publica uma receita caseira que ganhou o nome de “repelente dos pescadores” e está fazendo o maior sucesso desde que caiu na rede. E, à medida que aumentam as notificações de dengue no estado, cresce a velocidade com que o e-mail — com os ingredientes da fórmula — circula na internet. À base de cravo-da-índia, o repelente tem respaldo de especialistas.



— Da semente do cravo-da-índia se extrai o ácido eugênico, a partir do qual se consegue obter um aroma ativo que protege contra a picada do mosquito — explica o fitoterapeuta Marcos Stern.
O médico Alex Botsaris, que lançou recentemente o livro “Medicina Ecológica – Descubra como cuidar da sua saúde sem sacrificar o planeta”, diz que o cravo, assim como o capim citronela, é rico em óleos essenciais, responsáveis pelo odor característico da planta.
— Esse aroma atrapalha o mosquito a sentir o cheiro da pele humana, interferindo na orientação do inseto — afirma o médico.
O que a fitoterapia explica a advogada Tânia Bustamante, de 42 anos, sente na pele. Morando no Itanhangá, ela protege toda a família com o “repelente dos pescadores” há pelo menos dois anos. As garrafinhas com a fórmula estão espalhadas pela casa.
— Recebi essa receita pela internet e, depois, quando fui a um restaurante numa ilha, os donos ofereciam o repelente para os clientes. Usei e achei uma maravilha. Meu filho de 8 anos aplica sempre depois do banho — diz Tânia, acrescentando que, dependendo do óleo que se mistura, o cheiro do repelente fica bem suave.
Mas se o tipo de óleo corporal pouco interfere — pode ser infantil, de amêndoas, citronela, lavanda ou qualquer outro — o modo de preparo faz, sim, a diferença. Deixar o álcool e o cravo-da-índia macerando por cerca de 15 dias torna o repelente ainda mais potente. Só depois, se mistura o óleo.
— Mas se houver urgência, faça uma pequena quantidade, deixando em contato por pelo menos 24 horas. Depois use a que ficou por 15 dias em maceração. É importante também agitar o frasco de duas a três vezes ao dia — explica Marcos Stern.
A fórmula só não deve ser usada por crianças muito pequenas — menores de 3 anos — e pessoas que já sabem que têm alergia a essências.
A dentista Thaíse Britto se mudou para Boa Vista, Roraima, há pouco tempo e levou com ela a fórmula do “repelente dos pescadores”:
— Usei um óleo com cheiro de lavanda. Mas como leva muito álcool, o cheiro não fica insuportável e ameniza logo. A mosquitada não chega perto mesmo!
Aprenda a fazer
Ingredientes:
1/2 litro de álcool
1 pacote de cravo da índia (10 gramas)
1 vidro de óleo infantil (100 ml)
Modo de preparo:
Deixe o cravo curtindo no álcool durante uns quatro dias, agitando pela manhã e à tarde. Depois, misture o óleo corporal (pode ser de amêndoas, camomila, erva-doce, aloe vera. Passe apenas uma gota nos braços e nas pernas.
Fonte: jornalmundogospel

Continue lendo >>

Vídeo de batizado em lago gelado causa polêmica

 O Senhor Jesus antes de subir ao céu deixou duas ordenanças batismos e santa ceia. Instruiu seu discípulos a fazerem isso em Mateus 28,19.”Portanto ide, ensinai todas as nações batizando-as em nome do Pai, e do filho, e do Espírito Santo.”
Batismo é para os que se arrependeram (mudança de mente), não se batiza quem não se arrependeu, João, o batista, repreendeu duramente os que viam a ele sem se arrependerem.
A questão é , e as crianças menores, recém nascidas podem ser batizadas, elas tem do que se arrepender?
Veja o que aconteceu na Rússia e esta sendo alvo de Polêmica.


um vídeo postado na internet no qual um grupo de russos, ligados a Igreja Ortodoxa Russa, batizam um menino de cinco ou seis anos nas águas semicongeladas de um lago na Sibéria.
As imagens mostram o garoto envolvo em uma coberta sendo levado por adultos com casacos de pele para um buraco cortado no gelo. O cobertor é tirado e ele é submerso três vezes. O menino chora.
O batismo teria ocorrido no dia 19 de janeiro durante um evento chamado de Epifania realizado pela Igreja Ortodoxa Russa. Acredita-se que Jesus tinha sido batizado nesse dia do mês.
E o protesto pelos blogueiros foi grande. Um deles postou: “Onde isso aconteceu? Quem é o padre? Quem são os pais?”, escreveu um blogueiro, que se disse determinado a obter mais informações sobre o “sádico” incidente e torná-las públicas.

Tradição
A pratica deste tipo de batismo é uma tradição que ficou proibida durante o regime comunista, mas que ressurgiu depois da volta da democracia.
Alguns pais acham isso normal e não reprovam, levando ate mesmo recém-nascidos para serem batizados.
Já outros preferem esperar que fiquem maiores para realizar o batismo. “Meu filho tinha oito anos quando o levei a um buraco no gelo de um rio, quatro anos atrás”, diz Andrei Roletski, músico que mora em São Petersburgo. Agora, eles nadam no local todos os fins de semana, abrindo um buraco no gelo com um machado. Mas Roletski diz que nunca forçou seu filho, Igor, a mergulhar – o menino pediu para fazê-lo. “Um dia, Igor pediu que eu jogasse água gelada nele e, alguns meses depois, quando eu disse que ia mergulhar, ele quis ir junto”, diz o pai. “(Igor) nem sequer espirrou nos últimos meses e seu corpo se tornou muito mais resistente a resfriados e a infecções.”
Mas esta medida deve ser vista com muito cuidado, como alerta a pediatra Irina Yefremova, do Centro de Medicina Esportiva de Moscou. Ele disse que a exposição a um mergulho de uma criança em águas tão frias, mesmo por alguns segundos, pode causar desde simples resfriado à perda da consciência e problemas cardíacos. “O coração pode parar.”

Com informação da  BBC Brasil..

Continue lendo >>

O fim do mundo já tem data.

"Porém daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente meu Pai." (Mateus 24.36)

Nesses dias temos ouvidos muitos sobre assuntos de finais do tempo.

Uma familia, de diadema na grande São Paulo, com base em um calendário hebraico, calculou que Jesus voltaria à Terra por volta das 14h do dia 14/03 e os levaria para o céu, (Veja matéria nesse blog). Agora surge o novo 'Alerta'.

Fanáticos crêem que o mundo acabará no Brasil no dia 21 de maio
Um novo alerta apocalíptico chegou ao Brasil com um aviso: o fim pode estar mais próximo do que se imagina. Um grupo cristão dos Estados Unidos e com alguns representantes em Belo Horizonte está rodando o país para divulgar a tese de que o juízo final está marcado para o dia 21 de maio de 2011 – e não para 2012, segundo a popular profecia feita pelos Maias.
Com propagandas até nas traseiras de ônibus, os evangélicos da Family Radio fazem malabarismo com números e datas da Bíblia para garantir que há provas de que o mundo vai acabar nos próximos meses.
No Rio, um grupo vestido de branco circulou pelas ruas do centro com placas que alertavam para o fim do mundo. Há semanas, ônibus regulares circulam com os enigmáticos dizeres ’21/05/2011: Deus vai trazer o dia do julgamento’.
A previsão bíblica foi interpretada pelo americano Harold Camping, responsável pela Family Radio, que tenta emplacar um apocalipse pela segunda vez em sua carreira de profeta. Nos anos 1990, ele publicou um livro em que dizia haver ‘alta probabilidade’ de Cristo voltar à Terra no dia 6 de setembro de 1994 para julgar os homens. Um grupo se reuniu em uma cidade da Califórnia para esperar o evento, mas nada aconteceu.
A sede brasileira da Family Radio fica no bairro de Nova Gameleira, em Belo Horizonte, sustentando como atividade principal a divulgação da tese do fim do mundo. Um site em português explica passo a passo a matemática feita por Camping: o juízo final começaria 7 mil anos depois do grande dilúvio, que teria acontecido em 4.990 a.C.
Criticado por cristãos americanos, o grupo já foi classificado como um ‘culto’ e Camping foi chamado de ‘falso profeta’.
Fonte: Ag. Estado com Paulopes


Continue lendo >>