Páginas

8 de jul de 2011

Juiz condena suposto anticristo a 666 meses de prisão


Um americano foi preso na cidade de Charlote na Carolina do Norte e condenado a 55 anos de prisão. Até então nada de mais diferente na história se não fosse o fato de que o condenado é o próprio anticristo. Ou pelo menos ele diz que é.
Christopher Gay (foto) não foi preso por ser o anticristo ou por tentar dominar o mundo, mas por ser acusado de assediar sexualmente duas meninas, uma de 8 e outra de 9 anos de idade, segundo a reportagem de da TV local WBTV.
O julgamento transcorreu normalmente até que o “anticristo” decidiu que não precisaria mais de um advogado e começou a defender a si próprio no tribunal. Christopher chegou a afirmar que uma pessoa que cometesse os crimes que ele era acusado deveria ser condenado a cadeira elétrica, mas se declarou inocente. A tática ousada não deu certo e o juiz o condenou a exatos 55 anos e meio de prisão.
Não se sabe se foi coincidência, uma lição do juiz ou uma intervenção divina mesmo, mas 55 anos e meio de prisão são exatamente 666 meses de prisão. Agora o que muitos querem saber é se o “anticristo” ficou triste ou feliz com a pena.
Fonte: Christian Today

Nenhum comentário:

Postar um comentário