Páginas

6 de abr de 2011

O fim do mundo já tem data.

"Porém daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, mas unicamente meu Pai." (Mateus 24.36)

Nesses dias temos ouvidos muitos sobre assuntos de finais do tempo.

Uma familia, de diadema na grande São Paulo, com base em um calendário hebraico, calculou que Jesus voltaria à Terra por volta das 14h do dia 14/03 e os levaria para o céu, (Veja matéria nesse blog). Agora surge o novo 'Alerta'.

Fanáticos crêem que o mundo acabará no Brasil no dia 21 de maio
Um novo alerta apocalíptico chegou ao Brasil com um aviso: o fim pode estar mais próximo do que se imagina. Um grupo cristão dos Estados Unidos e com alguns representantes em Belo Horizonte está rodando o país para divulgar a tese de que o juízo final está marcado para o dia 21 de maio de 2011 – e não para 2012, segundo a popular profecia feita pelos Maias.
Com propagandas até nas traseiras de ônibus, os evangélicos da Family Radio fazem malabarismo com números e datas da Bíblia para garantir que há provas de que o mundo vai acabar nos próximos meses.
No Rio, um grupo vestido de branco circulou pelas ruas do centro com placas que alertavam para o fim do mundo. Há semanas, ônibus regulares circulam com os enigmáticos dizeres ’21/05/2011: Deus vai trazer o dia do julgamento’.
A previsão bíblica foi interpretada pelo americano Harold Camping, responsável pela Family Radio, que tenta emplacar um apocalipse pela segunda vez em sua carreira de profeta. Nos anos 1990, ele publicou um livro em que dizia haver ‘alta probabilidade’ de Cristo voltar à Terra no dia 6 de setembro de 1994 para julgar os homens. Um grupo se reuniu em uma cidade da Califórnia para esperar o evento, mas nada aconteceu.
A sede brasileira da Family Radio fica no bairro de Nova Gameleira, em Belo Horizonte, sustentando como atividade principal a divulgação da tese do fim do mundo. Um site em português explica passo a passo a matemática feita por Camping: o juízo final começaria 7 mil anos depois do grande dilúvio, que teria acontecido em 4.990 a.C.
Criticado por cristãos americanos, o grupo já foi classificado como um ‘culto’ e Camping foi chamado de ‘falso profeta’.
Fonte: Ag. Estado com Paulopes


Nenhum comentário:

Postar um comentário